Parceiros da EFA Jaguaribana Zé Maria do Tomé

Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

FÓRUM MICRORREGIONAL DE CONVIVÊNCIA COM O SEMIÁRIDO DO VALE DO JAGUARIBE REALIZA SUA 1ª REUNIÃO DE 2018 NA EFA JAGUARIBANA ZÉ MARIA DO TOMÉ, EM TABULEIRO DO NORTE

February 8, 2018

 

por Thiago Valentim

Comissão Pastoral da Terra

Associação Escola Família Agrícola Jaguaribana

 

No dia 08 de fevereiro de 2018 o Fórum Microrregional de Convivência com o Semiárido do Vale do Jaguaribe reuniu-se na EFA Jaguaribana para discutir sobre Educação Contextualizada. Foram 57 pessoas, das comissões municipais de Fortim, Aracati, Palhano, Russas, Limoeiro do Norte, Tabuleiro do Norte, Morada Nova, São João do Jaguaribe, Jaguaribe, Pereiro, Iracema e representantes da OBAS, da COMTACTE e da Associação EFA Jaguaribana Zé Maria do Tomé.

 

A discussão sobre Educação Contextualizada foi facilitada pela professora Regina Coele, da Universidade Estadual do Ceará (UECE). Através de apresentações na plenária e de trabalhos em grupo, os participantes refletiram sobre a importância de uma educação contextualizada para o fortalecimento de um semiárido vivo, liberto, com dignidade, que passa pela valorização dos saberes dos camponeses e camponesas, de suas culturas, de seus modos de vida, de seus anseios e lutas, de mãos dadas com o conhecimento científico e nunca submisso a este.

 

O encontro teve início por uma bonita mística onde a caminhada, o chamado a ser luz diante da escuridão promovida por tantos projetos de morte e a água que lavou as cabeças dos participantes foram inspiração para a convivência neste dia.

 

As comissões municipais foram convidadas a assumir o projeto da EFA Jaguaribana, a divulgar o Edital de Seleção da 1ª Turma, que está aberto e a mobilizar jovens camponeses e camponeses a se inscreverem na seleção. Thiago Valentim, presidente da Associação Escola Família Agrícola Jaguaribana (AEFAJA) e da Comissão Pastoral da Terra (CPT) apresentou todo o processo feito até aqui e os desafios a serem enfrentados para a consolidação da EFA. Ressaltou a importância do envolvimento da Comunidade dos Currais, sem a qual não teria sido possível ter avançado no projeto.

 

A intenção de realizar a reunião do Fórum nas instalações provisórias da EFA Jaguaribana tinha o objetivo de levar as pessoas a conhecerem o espaço e entenderem melhor a proposta da escola, buscando também formas de contribuição com a EFA.

 

Ricardo Wagner, da OBAS, apresentou elementos da avaliação feita sobre o projeto Cisternas nas Escolas e Ivonete, da coordenação colegiada do Fórum, fez outros encaminhamentos necessários à caminhada do Fórum e a participação nas lutas por água e em defesa da democracia no Vale do Jaguaribe.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter