Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

Comissão da EFA participa do Encontro Microrregional do Fórum de Convivência com o Semiárido do Vale do Jaguaribe - FCSVJ

October 13, 2016

No dia 13 de outrubro de 2016 realizou-se na cidade de Palhano, no Ceará, o Encontro Microrregional do Fórum de Convivência com o Semiárido do Vale do Jaguaribe - FCSVJ.
 

Aspectos do contexto e da conjuntura que desafiam a ASA

 

Jorge Pinto (coordenação da Obas) propôs um debate sobre a ASA e como está a sua caminhada diante do contexto político atual. Ele citou a cisterna como elemento descentralizador da gestão das águas: “A água está nas casas das pessoas, e não somente em açudes. Isso é determinante para quebrar a dependência das famílias com o poder público, para que a sociedade entenda o semiárido como um espaço rico de possibilidades e cheio de vida”.

 

Numa roda de conversa, as pessoas foram relembrando todas as etapas de sensibilização e fortalecimento da ASA, para além do acesso às tecnologias sociais de garantia de água de qualidade.  Alguns pontos foram citados como:

- A melhoria da renda familiar, a partir da produção dos quintais;

- O protagonismo das mulheres que passaram a ter tempo para cuidar de si, de investir na sua educação, de produzir alimentos saudáveis, de trocar experiências;

As crianças e adolescentes deixaram de percorrer longas distâncias para buscar água, que prejudicava seu desenvolvimento físico e educacional;

Melhoria na saúde, através da água de qualidade armazenada nas cisternas, evitando doenças como diarréia e cólera;

Orgulho de ser nordestina/o, de dizer que é agricultora/agricultor, que mora no semiárido;

Emprego e renda (formação de pedreiras e pedreiros, técnicas/os agrícolas, engenheiros/as agrônomos/as, comunicadores/as, entre diversos profissionais de diferentes áreas).

 

A roda de conversa estimulou nossas percepções sobre as conquistas na trajetória das organizações a partir da mobilização e formação da ASA.

Leia alguns depoimentos:

Seu Ananias (STTR Limoeiro do Norte) relembrou que “é preciso que o FCSVJ permaneça firme, principalmente nesse momento em que todos os direitos conquistados pela classe trabalhadora estão sendo vetados. Mesmo com tantas dificuldades por causa dos cinco anos sem chuva, não se tem notícias de agricultores saqueando comércios, passando dificuldades para se alimentar. Precisamos refletir o nosso passado, fortalecer nossos sentimentos e lutas, com união, de cabeça erguida, para combater tanta desordem, tantos direitos sociais que estão indo embora”.

 

O FCSVJ como espaço de diálogo e transformação recebeu com muita alegria a apresentação da EFA – Escola Família Agrícola de Tabuleiro do Norte, que tem previsão de iniciar suas atividades em janeiro de 2018. Thiago Valentim, representante da EFA, trouxe um breve histórico sobre a proposta ideológica da escola, citando com muito entusiasmo a importância de uma educação contextualizada, crítica, reflexiva, libertadora e popular, que envolve a coletividade, baseada na troca de saberes tradicionais de famílias camponesas. A escola família agrícola é um espaço de formação integral de jovens rurais e suas famílias, comunidade e lideranças organizações de base, baseada na pedagogia da alternância, onde os/as educandos/as ficam quinze dias na escola e quinze em suas casas, com aulas de disciplinas “tradicionais” e de educação contextualizada. O FCSVJ prontamente se colocou à disposição para participar, fortalecer e concretizar coletivamente o projeto da escola que servirá a região.

 

Organizações participantes: STTR, Igreja Católica, Cáritas, CPT, Associações, Comissões Municipais das cidades de Jaguaribe, Russas, Jaguaretama, Limoeiro do Norte, Tabuleiro do Norte, Iracema, Ibicuitinga e Palhano.

 

​​