Parceiros da EFA Jaguaribana Zé Maria do Tomé

No desejo de contribuir com a Convivência com o Semiáridio e a consolidação da Agroecologia, através das Educação do Campo, nasce de forma corajosa a EFA Jaguaribana, uma experiência de educação contextualizada, ao jeito de paulo Freire e com ênfase na metodologia que se fundamenta na Pedagogia da Alternância, com a qual o Projeto Político-Pedagógico, além de levar em conta o ensino técnico curricular convencional, considera a família, a comunidade e a realidade de existência dos educandos e educandas, filhos e filhas de agricultores e agricultoras, conduzindo à produção do conhecimento articulado com os princípios da Agroecologia, da Convivência com o Semiárido, da Educação Popular e da Economia Solidária.

Os primeiros passos da EFA Jaguaribana foram dados no início de 2016, quando o projeto foi apresentado pela Comissão Pastoral da Terra (CPT) e, em seguida, assumido por um grupo de lideranças comunitárias, pastorais, e profissionais da área agrícola e instituições que atuam no Vale do Jaguaribe, lideranças comunitárias e professores universitários. A partir de então várias reuniões são realizadas para amadurecer a proposta e fazer os encaminhamentos necessários.

Nossa história